motor 1

 

Uma das partes mais importantes de um carro é o motor, tanto que podemos compara-lo ao nosso coração. Assim como nosso coração, o motor de um carro precisa de cuidados e atenção.

Para evitar a aposentadoria antecipada do motor de seu carro, basta seguir uma rotina simples de manutenção e adotar alguns comportamentos que vão lhe poupar muito dinheiro a médio e longo prazo.

Na maioria das vezes, carros dão sinais claros de que algo não vai bem – e a saúde deles depende de sua atenção. Não há mágica: motores vivem mais se o dono for cuidadoso. Por isso, separamos algumas dicas de como aumentar a durabilidade do seu motor.

  • Não aqueça o motor antes de começar a rodar

Quando o carro estiver frio, não precisa gastar alguns minutos em marcha lenta. Apenas poucos segundos bastam e seu carro está pronto para começar a rodar, porém ainda estará frio. Por isso, rode com suavidade até que o motor atinja a temperatura ideal de funcionamento.

  • Escolha bem o óleo para seu carro

Óleo de origem duvidosa pode te dar muita dor de cabeça, se o fabricante recomenda óleo sintético (geralmente mais caro) é melhor usar, sem misturar com óleo mineral. É preferível gerações mais novas do fluido, pois os óleos modernos não precisam de aditivos.

  • Livre-se de pesos excessivos

Peso adicional exige mais força do motor. Máquinas são o oposto de nossos corpos: quanto mais esforço fazem, menor a vida útil. Ao encarar à pé uma subida de montanha, quanto mais leve você estiver, melhor. Adote o mesmo procedimento para seu automóvel. Tire do porta-malas tudo o que não tem serventia, assim como no porta-luvas e outros bolsos no interior.

  • Viaje com seu carro

Exercícios fazem bem: vá para a estrada com o possante. Ande em velocidade constante, varie acelerações e rode com o giro elevado (dentro dos limites do propulsor). Isso ajuda a livrar a câmara interna e o sistema de exaustão de fuligem e outros contaminantes que se acumulam no uso rotineiro de ciclo severo.

  • Sempre troque os filtros

Economizar nos filtros de ar e de óleo é a pior decisão que você pode tomar. Sempre que esgotar o fluido troque o filtro de óleo, não há necessidade de economizar, pois é uma peça barata demais, considerando sua importância no bom funcionamento do propulsor. O mesmo vale para o filtro de ar: substitua sem economizar.

  • Evite acelerações bruscas

Ser brusco no acelerador é um dos hábitos mais danosos para a saúde do automóvel. Isso ocorre porque, no trânsito, o motor tende a trabalhar muito quente e esse tipo de condução aumenta ainda mais a temperatura do conjunto. O que sobrecarrega o sistema de arrefecimento, juntas e correias, por exemplo.

  • Leia o manual e faça manutenção preventiva

Aquele livrinho que acompanha o veículo, esquecido no fundo do porta-luvas, é seu aliado.  Ele descreve os intervalos de manutenção e itens a serem checados conforme a quilometragem do carro.

Peças de desgaste natural precisam ser trocadas: velas e cabos, bateria, correias, rolamentos, fluidos, precisam ser mantidos em dia e seu motor poderá trabalhar tranquilamente.